01.jfif

ARQUITETO GUILHERME GUIGNONE

Arquiteto e Urbanista, Engenheiro de Segurança e Mestre em Engenharia Civil, Guilherme Guignone possui extensa experiência em projetos em BIM de arquitetura e de engenharia, nas mais diferentes tipologias, contemplando, deste habitações residenciais, até empreendimentos aeroportuários, dos mais complexos.
Atua também em processos de implantação do BIM em escritórios de projeto e como Coordenador BIM, elaborando Planos de Execução BIM (PEB), compatibilizações de projeto e análises de interferências para edificações e infraestrutura. Possui experiência em planejamento e controle de obras (BIM 4D) e realidade aumentada. É especialista, além de modelagem 3D, em renderizações e animações. Dentre suas especializações, estão projetos de edificações sustentáveis e patologia das construções. Possui várias publicações em revistas e congressos nacionais e internacionais com ênfase em materiais e sistemas construtivos atrelados à sustentabilidade e à durabilidade para a construção civil.
Contribuiu como consultor técnico no processo de implantação do BIM no Ministério da Infraestrutura em atendimento ao Decreto 10.306 (2020). Certificado pela Global Infrastructure Programme e pelo Centre for Digital Built Britain em Implementação da Metodologia BIM a Nível Organizacional.
Arquiteto da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária, possui vasta experiência em projetos e fiscalização de obras em aeroportos. Certificado pela Airport Council International (ACI) e pela International Civil Aviation Organization (ICAO) como Airport Safety Professional (ASP).  Contribuiu com os treinamentos da International Civil Aviation Organization (ICAO) com material explicativo relacionado aos regulamentos da aviação civil. Doutorando pela Universidade Federal do Espírito Santo com tema envolvendo a integração do BIM com Avaliação do Ciclo de Vida.
No setor aeroportuário, possui os seguintes campos de atuação: projetos arquitetônicos e complementares, concepção de projetos lado ar (sinalização horizontal e vertical, plano básico de proteção de aeródromos), realização de avaliações de capacidade de processamento de passageiros, execução de soluções de projeto para o cumprimento de requisitos para atendimento à certificação de aeródromos, dentre outros.